ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Pergunta | Resposta]

Personagem: masculino ou feminino?

[Pergunta] Susana Correia, ao responder sobre A pontuação no diálogo, cita a Nova Gramática do Português Contemporâneo (Cunha e Cintra, Edições João Sá da Costa), referindo que o verbo dicendi (respondeu, neste caso) pode estar no princípio, no meio ou no fim do discurso directo e que, sempre que faltar este verbo, o contexto e os recursos gráficos (dois pontos, aspas, travessão ou mudança de linha) têm «a função de indicar a fala do personagem» (pp. 630, 631).
A citação está fiel ao que vem na obra citada, mas parece um caso em que o "melhor pano" não se livrou da "nódoa", dado que "personagem" é do género feminino. Aprendi que, em português, «não há nenhuma palavra terminada em -agem que seja do género masculino».
Aliás o Ciberdúvidas tem uma resposta, citando o gramático brasileiro Napoleão Mendes de Almeida, no seu Dicionário de Questões Vernáculas, onde ele muito justamente se insurge contra o emprego de personagem no masculino.
Em que ficamos?

Rui Gouveia :: :: Portugal

[Resposta] A verdade é que na altura em que respondi à questão me apercebi desse detalhe. Porém, tratando-se de uma citação (que tive o cuidado de identificar, localizar e sinalizar com aspas), não podia alterar fosse o que fosse, uma vez que nesse caso correria o risco de algum outro consulente mais atento me acusar de alteração do texto alheio.
Agora relativamente a ‘o/a personagem’: o Dicionário Electrónico Houaiss da Língua Portuguesa (cópia da última versão não electrónica), o dicionário Aurélio – Séc. XXI, o Dicionário da Língua Portuguesa – 2003 (Porto Editora) e o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea (Academia das Ciências), todos eles consideram personagem um «substantivo de dois géneros». Daqui se depreende que, ao contrário da opinião do referido gramático brasileiro citado nessa resposta anterior do Ciberdúvidas, ‘personagem’ () não é uma palavra exclusivamente do género feminino: o seu uso dentro dos dois géneros assim o dita. Urge, pois, uma actualização…
Ainda sobre a Nova Gramática, importa dizer que, tendo sido escrita em co-autoria por um português e um brasileiro (Lindley Cintra e Celso Cunha, respectivamente) e sendo a palavra «personagem», no Português do Brasil, usada frequentemente no género masculino, sou levada a crer que talvez tenha sido o último autor a redigir o capítulo em questão.
Só me resta agradecer pela chamada de atenção e pelo facto de nos ter obrigado a rever mais uma questão dúbia da Língua Portuguesa.

Susana Correia :: 11/02/2003

[Morfologia]
A subclasse de nublado e estrelado
«Vocábulo formal» vs. «vocábulo fonológico»
«De vocês» = «vossos»
Contração ou não: «em nome de», «no nome de»
Juridicidade e juricidade
A subclasse do advérbio certamente
Orografia
Minimercado, tripé, bimotor e pós-graduação
A formação do substantivo aparecimento
O plural dos compostos referentes a cores

Mostra todas

Ciber Escola Ciber Cursos