ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Uma confusão gera outra: «ter que ver» vs. «ter a haver»

No uso de uma língua, como noutras situações coletivas, não é fácil desfazer confusões nem evitar que se gerem outras – é o caso da velha troca de «ter que ver» por «ter a haver». No Pelourinho, apresenta-se uma nova descendência deste erro: trata-se de «ter haver», grafia incorreta de «ter a ver», expressão tradicionalmente considerada como menos correta que «ter que ver». Entretanto, embora se encontre encerrado até setembro, o consultório continua a receber questões que esperavam vez para ficar em linha: a sequência «todas as vezes que» está bem construída? Que significa a palavra coulomb? E que denominação atribuir a quem anda à boleia? As respostas somam-se a todo o arquivo de mais de 30 mil respostas do Ciberdúvidas, que, como sempre, se mantém acessível (consultar pelo motor de busca).


 Assinalamos que a Ciberescola da Língua Portuguesa e os Cibercursos disponibilizam materiais para o ensino do Português (língua materna e não materna) e continuam a organizar cursos para estudantes estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Outras informações na rubrica Ensino e no Facebook.


Lembramos que a ajuda de quem acompanha estas atualizações é indispensável para a manutenção deste serviço gracioso e sem fins lucrativos, cujo propósito é esclarecer, divulgar e debater os mais diversos temas da língua portuguesa. A quantos atenderam ou atenderem ao apelo SOS Ciberdúvidas, a nossa gratidão.

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 30/07/2014


Aberturas anteriores

Creative Commons License Os conteúdos disponibilizados neste sítio estão licenciados pela Creative Commons
[Destaques]
Um erro (facilmente) evitável
«Todas as vezes em que...» vs. «todas as vezes que...»
A pronúncia de coulomb
«Pessoa que vai à boleia» novamente
Mambos da Língua (42.º episódio): cassule e caçula
Diferença entre corrigir e emendar
«Assim ele não "te gosta", não é?»
Ciberescola promove ensino e aprendizagem
do Português como Língua não Materna

Mostra todas as respostas

Ajuda

RSS

Facebook

Aplicação

Ciber Escola Ciber Cursos