ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Pergunta | Resposta]

Os nomes sobrecomuns, comuns de dois e epicenos e o Dicionário Terminológico

[Pergunta] Os nomes sobrecomuns, comuns de dois e epicenos já não aparecem no Dicionário Terminológico (DT), no entanto, os novos manuais de 10.º, que, supostamente, estão de acordo com o DT, apresentam estas classes do nome. Gostava de saber se se mantêm ou não estas classes de palavras.

Rosélia Quintal Fonseca :: Professora :: Funchal, Portugal

[Resposta] Aparecem, sim!

B. Linguística Descritiva

B.2. Morfologia

B.2.2. Morfologia flexional

B.2.2.1. Flexão nominal e adjectival

Categorias relevantes para a flexão de nomes, determinantes, pronomes e adjectivos:

Género

«Categoria morfossintáctica que está presente em todos os nomes, em alguns adjectivos (os adjectivos biformes) e em alguns pronomes. Em português, há dois valores de género: masculino e feminino. Nos nomes que referem uma entidade animada (uma pessoa ou um animal), o valor de género corresponde, tipicamente, a uma distinção de sexo (i), excepto no caso dos nomes epicenos (como "sapo" ou "corvo"), sobrecomuns (como "vítima" ou "cônjuge") e comuns de dois (como "estudante" ou "jornalista") e ainda em casos irregulares (como no par “cavalo”/”égua”). Nos restantes nomes, esta correspondência não se verifica (ii).»

Sandra Duarte Tavares :: 25/11/2010

[Morfologia]
«Vocábulo formal» vs. «vocábulo fonológico»
«De vocês» = «vossos»
Contração ou não: «em nome de», «no nome de»
Juridicidade e juricidade
A subclasse do advérbio certamente
Orografia
Minimercado, tripé, bimotor e pós-graduação
A formação do substantivo aparecimento
O plural dos compostos referentes a cores
O falso prefixo auto

Mostra todas

Ciber Escola Ciber Cursos