ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Pergunta | Resposta]

Heterónimo e pseudónimo

[Pergunta] Gostaria de saber qual é a diferença entre "heterónimo" e "pseudónimo".
Obrigado.

Tiago Veigas
:: Estudante :: Almada, Portugal

[Resposta] Para comprrendermos bem a diferença de sentido entre estas duas palavras, é conveniente remontar à origem. O segundo elemento de ambas é o mesmo: "-nimo", do grego "ónoma", nome. O primeiro elemento é que marca a diferença:

a) hetero- provém do grego "héteros", outro; diferente. Por isso os dicionários ensinam que heterónimo dizemos nós acerca de um livro com o nome de outra pessoa. Diz-se também a respeito duma obra literária publicada com o nome de outra pessoa e não do autor. Também se emprega heterónimo para significar o nome dum autor imaginário que determinado escritor atribui às suas obras - autor criado por esse escritor, com "qualidades e tendências literárias próprias, individuais, diferentes das do criador da obra". É o caso de Fernando Pessoa. Ele próprio se refere a esta particularidade, quando diz o seguinte na sua obra "Páginas de Doutrina Estética, (pág. 200): "Seja como for, a origem dos meus 'heterónimos' está na minha tendência orgânica e constante para a despersonalização e para a simulação".

O vocábulo heterónimo pode ser empregado como substantivo ou como adjectivo.

b) A palavra pseudónimo não encerra a ideia de "outro" mas a ideia de "falso", porque provém do grego "pseudónymos". Entra aqui o elemento grego "pseudo-", elemento de composição que significa "falso, suposto", derivado de "pseudéo", enganador, mentiroso; falso erróneo; enganado.

J.N.H. :: 12/12/1997

[Estudos Literários]
Coletânea de contos e estratégia narrativa (Decâmeron)
«Caça à baleia», a propósito de Raul Brandão
«Foi como se um sino tivesse tocado no coração do mundo»: figuras de estilo
«O povo estourou de tanto rir», metonímia?
Um eufemismo do Auto da Barca do Inferno
O hipérbato em versos de R. Reis
A sinestesia e a metáfora num verso de Fernando Pessoa
Dois casos de tropos
Decassílabos numa tradução da Ilíada (Odorico Mendes)
A divisão métrica de quantos

Mostra todas

Ciber Escola Ciber Cursos